Receba noticias em seu Whatsapp gratis



Horácio Hora | Jornal em Destaque

Horácio Hora

O maior pintor romântico do Brasil



Horácio Hora

15/02/2021 18:38 ( Atualizado em 15/02/2021 18:52) | Miguel Pereira | Colunista |

Francisco Sousa Jr

Olá amigos e leitores do jornal em Destaque... saudações monarquistas!

Os senhores sabiam que nos tempos do Império, não era apenas na região sudeste que surgiam escritores, engenheiros, músicos e artistas? Hoje, eu trago para vocês a historia de Horácio Pinto da Hora, um dos maiores representantes da pintura romântica do Brasil.


Horácio Hora era filho de Antônio Esteves de Sousa e Maria Augusta da Hora, família tradicional da província do Sergipe, era meio-irmão do conceituado médico e farmacêutico, Dr. Francisco Hora de Magalhães, e primo do ilustre médico sergipano, Dr. Antônio Militão de Bragança.


Iniciou os seus trabalhos artísticos ainda na infância, passando boa parte dela e a adolescência na cidade de Laranjeiras, importante cidade da província na época.


Em 1875 recebe do Império uma bolsa de estudos na Europa, vindo a estudar na Escola de Belas Artes de Paris e na Escola Municipal de Desenho de Paris, onde foi aluno do ilustre escultor Justin Marie Lequien. Lá Horácio obtém o 1º prêmio no concurso geral de todas as escolas de Paris e o título de aluno modelo, além ter mantido contato com o também pintor Alexandre Cabanel e o escultor François Michaud, entre muitas outras personalidades. Foi nessa época que ele conheceu, em Paris, a baronesa do Catumbi, D. Júlia Alves Pereira da Cunha, a quem retratou. Nessa época, ele também conviveu com Almeida JuniorManuel Lopes Rodrigues, entre outros.



Ceci e Peri, Fonte: Museu Histórico de Sergipe. Ceci e Peri, Fonte: Museu Histórico de Sergipe.

Retorna ao Brasil em 1881, vivendo primeiro em Sergipe e logo após na Bahia, localidade onde trabalhou muito a sua arte. Após esse tempo de produção artística em Salvador, Horácio retorna para Paris, e por lá se apaixona por uma engomadeira chamada Mathilde Lafage, e por ela vende tudo que possuía. Horácio vem a falecer com apenas 37 anos em 1890, estando enterrado no cemitério de Pére-Lachaise, em Paris.


 Horácio é o autor de grandes quadros da cultura brasileira, como “Folhas de Outono”, “Peri e Ceci” a “Marquesa de Catumbi” e mais de 300 obras de grande valor artístico, além de ser o Patrono da cadeira número 14 da Academia Sergipana de Letras.


Atendendo a um pedido do Conselho de Estado de Cultura, o governo do Sergipe, declarou 2003 como o Ano Horácio Hora, em comemoração aos 150 anos do nascimento do ilustre pintor. (Fonte: Livro Um Século de Pintura – Laudelino Freire)


É meus amigos, mais um filho prodigioso de nossa querida terra que marcou a sua vida por seus grandes feitos. Mais um cidadão, que teve no ambiente do império, os meios para aflorar e desenvolver a poesia da vida em forma de tela, porque no fim, a nossa vida deve ser exatamente isso, uma eterna poesia, escrita ou desenhada, na forma dos mais lindos versos que o nosso coração possa criar.


E você amigo leitor, se interessou mais sobre a nossa história? Acompanhe-nos em nossa página no facebook, e fique mais informado sobre a Monarquia Parlamentarista em nosso país. Um forte abraço, saúde e paz!

Círculo Monárquico das Araras – Chancelaria – Francisco Sousa Junior.

Contato: (24) 999415498 – WatsApp.



Folhas de Outono Fonte: Museu Histórico de Sergipe. Folhas de Outono Fonte: Museu Histórico de Sergipe.



A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo!
Ao contrário da mídia corporativa, o Jornal Em Destaque se financia por meio de sua própria comunidade de leitores e, assim, mantém acesso livre a todos os seus canais.
Você pode apoiar o ED de diversas formas.

Veja como clicando aqui




Horácio Hora Miséria e Caridade:  ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2021. Miséria e Caridade: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2021.

Horácio Hora Paisagem: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2021. Paisagem: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2021.




PALAVRA DO ASSINANTE SOBRE Horácio Hora

Exibindo 0 Comentários


Quer comentar a matéria?




 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados