Receba noticias em seu Whatsapp gratis



Mãe e padrasto são presos, suspeitos de matar e esconder corpo de criança, em Barra do Piraí | Jornal em Destaque

Mãe e padrasto são presos, suspeitos de matar e esconder corpo de criança, em Barra do Piraí

Eles confessaram a ocultação do cadáver, mas negaram ter matado a criança.



Mãe e padrasto são presos, suspeitos de matar e esconder corpo de criança, em Barra do Piraí

22/01/2019 23:33 | Barra do Piraí | POLICIAL |

Helio de Carvalho

Os principais suspeitos de matar e ocultar o corpo de Júlia Laport Quintanilha, de 11 anos de idade, em Barra do Piraí, foram presos preventivamente, na tarde desta terça-feira (22). Segundo o delegado responsável pelo caso, Wellington Vieira, a mãe, de 28 anos, e o namorado dela, de 20, estavam no município de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Eles confessaram a ocultação do cadáver, mas negaram ter matado a criança.

Parte inferior do formulário


Após o crime, de acordo com as investigações, o casal fugiu para São Gonçalo, com medo de represálias. Com a repercussão do caso, no entanto, eles ligaram para a polícia e contaram onde estavam escondidos. Os agentes foram até o local e decretaram as prisões.


Em depoimento na 88ª DP (Barra do Piraí), segundo o delegado, a mãe contou que a menina morreu de "causas naturais" e que teria escondido o corpo porque ficou com medo de ser linchada na rua. Vieira afirmou que os dois relataram com detalhes a execução do crime e não demonstraram remorso.


A mala com o corpo da criança foi encontrada, nesta segunda-feira, num terreno próximo à casa do padrasto, no distrito de Ipiabas. A polícia aguarda o resultado da necropsia para confirmar se a ossada é mesmo da menina e descobrir as causas da morte.


O desaparecimento de Júlia foi registrado no último sábado, pelo pai biológico e por uma tia. Ela estava desaparecida há cerca de seis meses. Segundo a família, a criança sofria de síndrome de West, uma doença rara que dificulta a fala e a locomoção.


Nas redes sociais, parentes de Júlia mostram-se indignados diante de sua morte. "Estou de luto pela minha netinha", disse a avó em uma publicação no Facebook, ao divulgar uma foto da menina ainda pequena.


Fonte: O Globo Rio





A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo!
Ao contrário da mídia corporativa, o Jornal Em Destaque se financia por meio de sua própria comunidade de leitores e, assim, mantém acesso livre a todos os seus canais.
Você pode apoiar o ED de diversas formas.

Veja como clicando aqui




Mãe e padrasto são presos, suspeitos de matar e esconder corpo de criança, em Barra do Piraí A avó de Júlia postou uma foto em seu perfil, lamentando a morte da menina (Foto: Facebook/Reprodução). A avó de Júlia postou uma foto em seu perfil, lamentando a morte da menina (Foto: Facebook/Reprodução).




PALAVRA DO ASSINANTE SOBRE Mãe e padrasto são presos, suspeitos de matar e esconder corpo de criança, em Barra do Piraí

Exibindo 0 Comentários


Quer comentar a matéria?




 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados