Receba noticias em seu Whatsapp gratis



BRUMADINHO: Cenário quase lunar | Jornal em Destaque

BRUMADINHO: Cenário quase lunar

"Estamos preparados, mas não acostumados. Ninguém nunca vai se acostumar".



BRUMADINHO: Cenário quase lunar

09/02/2019 19:58 | Outros | GERAL |

Helio de Carvalho



 

A equipe de resgate acompanhada pelo começou as buscas sobre o rejeito endurecido, quase petrificado, um cenário lunar. No caminho, encontramos o capitão Leonardo Farah, um dos responsáveis por comandar a equipe nesta operação. Leonardo Farah também participou das operações em Mariana, no desastre da Samarco, em 2015. Farah conta que ainda há risco da outra barragem de água se romper, e que a segurança dos militares é fundamental para a operação de buscas. Por isso, há rotas de fuga e equipes preparadas para atuar em caso de novo rompimento para salvar os bombeiros. 


O jornal EL PAÍS seguiu a dura rotina de Daisy, Vinícius e Selmo, integrantes dos bombeiros de Minas. Há dias os profissionais mergulham na lama da barragem da Vale para tentar encontrar os desaparecidos na linha de frente das buscas em Brumadinho.


"Estamos preparados, mas não acostumados. Ninguém nunca vai se acostumar" - Leonardo Farah.


Foto: Douglas Magno






A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo!
Ao contrário da mídia corporativa, o Jornal Em Destaque se financia por meio de sua própria comunidade de leitores e, assim, mantém acesso livre a todos os seus canais.
Você pode apoiar o ED de diversas formas.

Veja como clicando aqui







PALAVRA DO ASSINANTE SOBRE BRUMADINHO: Cenário quase lunar

Exibindo 0 Comentários


Quer comentar a matéria?




 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados