Receba noticias em seu Whatsapp gratis







Libras



DISCRIMINAÇÃO NÃO É LIBERDADE DE EXPRESSÃO | Jornal em Destaque por Samuel Marques em Colunista

DISCRIMINAÇÃO NÃO É LIBERDADE DE EXPRESSÃO



DISCRIMINAÇÃO NÃO É LIBERDADE DE EXPRESSÃO Classificação

04/11/2021 08:51 | Paty do Alferes | Colunista |

Samuel Marques

Já faz algum tempo que as pessoas estão tendo muita dificuldade em entender o que é de fato “liberdade de expressão”. Existe uma onda em direção à barbárie moral, que através da desculpa de se ter liberdade para falar o que se pensa, as maiores atrocidades são proferidas em busca de um jogo político sombrio.


Podemos levar em consideração também, que as manifestações racistas, homofóbicas e machistas que estamos vendo maiores no dia-a-dia, na verdade já existiam em cada pessoa que verbaliza, só que agora as mesmas se sentem confortáveis e representadas para não terem pudores algum e serem o extrato do preconceito e desamor. A internet deu a voz e a coragem, até porque se escondem atrás de computadores e dispositivos. As pessoas tinham algum medo de se manifestarem como racistas e machistas, pois teriam que assumir suas posições como tais, e pagarem as consequências. Tinham medo disto e faltava disposição. Mas o tempo passou e pessoas assim conseguiram, através da internet, seus propagadores de vozes, a ascensão e o poder.


Mas, antes disto, houve uma construção de representação que fez também com que os posicionamentos fossem replicados, e essa gente decide sair das sombras, se manifestando diariamente. Elegeram um presidente, deputados e passaram a chamar todas as resistências a estas falas de “mimimi”, “frescura” e “esquerdismo”. Sequestraram a narrativa para poder tentar desqualificar àqueles que lutam contra suas falas racistas e homofóbicas. Buscaram também respaldo no discurso da Liberdade de Expressão, que passou a ser confundido com autorização para serem preconceituosos.


O caso de Maurício Souza, jogador de vôlei, que decidiu se manifestar com diálogo homofóbico, faz vir à tona novamente a falsa ideia de que as pessoas têm direito de manifestarem ofendendo as outras, por entenderem estar utilizando sua Liberdade de Expressão - o que não é real.


Não existe ter liberdade para segregar, para destilar preconceito ou para definir o que é certo ou errado, dentro da sua concepção. Defender valores não é isto. Primeiro, porque valores são variáveis e mudam de pessoa para pessoa, assim como de sociedade em sociedade. Não se defende seus valores ajudando a agredir, a segregar.


Viver em sociedade requer o entendimento de que ninguém é igual - e ainda bem. Homofobia, racismo e machismo são crimes e não podem ser tratados como algo tolerável, e muito menos como "liberdade de expressão". Não existe liberdade para matar, discriminar e separar.








Gostou deste assunto?

Seus amigos também podem gostar:

Compartilhe!














 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados



    DESENVOLVIDO POR
    RIOBRASIL