Receba noticias em seu Whatsapp gratis







Libras



André Ceciliano recebe, na Alerj, o embaixador do Japão para falar sobre parcerias no estado | Jornal em Destaque por Helio de Carvalho em Da Redação

André Ceciliano recebe, na Alerj, o embaixador do Japão para falar sobre parcerias no estado



André Ceciliano recebe, na Alerj, o embaixador do Japão para falar sobre parcerias no estado Classificação

12/05/2022 18:40 ( Atualizado em 12/05/2022 18:41) | Rio de Janeiro | Da Redação |

Helio de Carvalho

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT), e o Embaixador do Japão no Brasil, Teiji Hayashi, participaram de uma reunião nesta quinta-feira (12), na sede da Alerj. No encontro, eles falaram principalmente sobre projetos voltados ao Estado do Rio.

Japão e Brasil têm parcerias comerciais importantes, além de projetos em vigência que abordam questões de logística no estado. A Supervia, empresa responsável pelo transporte de trens no Rio, por exemplo, é controlada pelo grupo japonês Mitsui, que assumiu a sua administração em 2019.

A Alerj iniciou, este ano, um processo de investigação sobre os problemas de operação desse serviço, com a criação da CPI dos Trens. Durante a reunião, os representantes da embaixada do Japão informaram também acompanhar as dificuldades relacionadas ao funcionamento da Supervia.

No Rio, temos pouco subsídio para transportes e a Supervia afirma contar com um déficit financeiro na administração das suas operações. Como resultado da CPI, é provável que seja necessário reestruturar o auxílio estadual”, comentou o presidente Ceciliano.

Prevenção de desastres naturais

O Japão também possui laços com o Rio na manutenção de estruturas de segurança e prevenção de desastres.

Há mais de dez anos começamos o desenvolvimento de estudos técnicos para prevenir deslizamentos. Já desenhamos dois modelos de contenção de barragem, com ferro e concreto, e estamos mapeando áreas de risco no Rio de Janeiro. Não queremos repetir tragédias como as que aconteceram na Região Serrana”, contou Hayashi.

Durante a tragédia de Petrópolis, em fevereiro deste ano, os especialistas do país asiático se uniram às autoridades brasileiras para expandir a cooperação no estudo dos impactos das mudanças climáticas.

O Japão e o Brasil têm questões semelhantes com deslizamentos, mas aqui também enfrentamos problemas sociais que dificultam as políticas de prevenção, como é o caso das moradias irregulares”, acrescentou o parlamentar.

Outro tema abordado na reunião foi a situação da pandemia de covid-19. Os representantes da embaixada do Japão acreditam que a contaminação pode ser um problema constante. Por isso, uma cooperação para uma possível prevenção anual da população está sendo estudada.

 

Foto: Thiago Lontra | Texto: Madu Costa - Comunicação Social da Alerj

__________________________________________

Com premiações em nível nacional e internacional, o EM DESTAQUE reforça o seu compromisso com o bom jornalismo, produzindo diariamente conteúdo de qualidade, com responsabilidade e que você pode confiar.

Siga o site e as redes sociais do jornal que virou fonte de notícias do Google News e que há dois anos disponibiliza conteúdo nos principais tocadores de podcasts: ED, o jornal local sem fronteiras para a notícia!








Gostou deste assunto?

Seus amigos também podem gostar:

Compartilhe!














 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados



    DESENVOLVIDO POR
    RIOBRASIL