Miguel Pereira 16 º 28 º
Moedas





Receba noticias em seu Whatsapp gratis







Libras



Política: Eles estão chegando. Depois não diga que não avisei! | Jornal Em Destaque por Helio de Carvalho em Colunista

Política: Eles estão chegando. Depois não diga que não avisei!



Política: Eles estão chegando. Depois não diga que não avisei! Classificação

17/10 16:03 ( Atualizado em 17/06/2022 20:34) | Miguel Pereira | Colunista |

Helio de Carvalho

Eu poderia iniciar dizendo que o Brasil se prepara para as eleições gerais em outubro, mas, na verdade, o mais correto é dizer: o brasileiro precisa se preparar para as eleições gerais em outubro! Sim, isto porque não aguento mais ouvir gente reclamando de políticos, de que sua cidade não se desenvolve sem emprego, sem investimentos em infraestrutura, que político pede vote e depois desaparece, blá, blá, blá. Fato é que não dá mais para ficar reclamando o problema sem querer encontrar a solução. E conhecer a origem deste mal é um grande passo para evitar que se repita.

É verdade que tem muito político por aí que visita uma cidade - geralmente acompanhado de pessoas da localidade que ganham dinheiro para andar com eles por aí e pedir voto - e a gente nem sabe de onde eles vêm. O “eles estão chegando” usado no título deste artigo se refere exatamente a estes andarilhos sem pátria que surgem a cada quatro anos, abocanham uma dezena de votos aqui, uma centena de votos ali, e se elegem ao preço de impedir que uma cidade ou mesmo uma região inteira eleja um representante seu, que todos conheçam e, o mais importante, que conheça as reais necessidades de seu lugar e de sua gente. Mas, como todos sabem, estes “políticos de fora” se elegem com votos de eleitores “aqui de dentro”. Que lástima! Mais que lastimável, a prática de votar em um estranho pode resultar no impedimento de um político raiz - aquele que a gente conheça e que conheça a gente - e, também, poderá ser responsável pela ausência de verbas públicas para o município e obras patrocinadas pelo estado, como pavimentação, saneamento, construção de hospitais, escolas etc., pelos próximos quatro anos ou mais - bem mais!

Quer uma prova disto? Então veja.

Há quase 60 anos, municípios do Centro-sul fluminense, como Vassouras, Paty do Alferes, Miguel Pereira, Mendes e Engenheiro Paulo de Frontin, entre outros, não tiveram na Alerj um deputado estadual nascido, criado e morador da região! E a gente nem precisa dizer aqui o quanto toda esta região sofreu, por décadas, por causa disto.


Eurico Júnior (Foto divulgação) Eurico Júnior (Foto divulgação)

Em 2020, esse jejum foi interrompido com a posse do deputado estadual Eurico Júnior, que tem uma trajetória de mais de 40 anos na política, foi vereador de Vassouras aos 23 anos de idade, lutou pela emancipação de Paty do Alferes, foi eleito primeiro prefeito do novo município, reelegeu-se para um segundo mandato, mais tarde se tornou prefeito de Vassouras. No parlamento estadual, Eurico Júnior, é autor de 10 Leis, 21 Proposições, outras tantas em coautoria, além de cerca de 400 Indicações Parlamentares encaminhadas para o governo do estado, solicitando obras e serviços para dezenas de municípios do Rio de Janeiro.

E, por que desde 2020 e não 2018? Simples: algumas poucas dezenas de moradores da região resolveram votar “nos de fora”, restando a Eurico - o “de dentro” -, a suplência. Com isto, foram dois anos de desperdício de tempo e de benfeitorias que ao invés de virem para cá, foram para as cidades dos políticos “de fora”. E aqui ficaram apenas os eleitores reclamando que político é tudo igual!

Eu conversei com Eurico Júnior e ele me disse que conhece como poucos esses municípios do Centro-sul fluminense e suas necessidades.

Acho que nasci para isso, porque gosto de ouvir, entender e estar ao lado das pessoas. Desde 2020, quando assumi na Alerj, tenho rodado todas as cidades, as maiores e as menores, ouvindo prefeitos, vereadores, lideranças, moradores e solicitando obras e serviços ao governo do estado via Assembleia Legislativa. E tenho a sorte de ter a parceria do presidente da Assembleia, André Ceciliano, que está realizando um excepcional trabalho e, especialmente, de um governador como Claudio Castro, que está dando atenção especial ao interior. Sua equipe, secretários e presidentes de empresas estão sempre prontos a me ouvirem e atenderem no que é possível”, afirmou.

Eurico Júnior é um político da nossa terra, da nossa região, que por pouco não foi impedido de trabalhar em favor de nossa gente. Na verdade, ele foi impedido sim, por dois anos! Isto porque alguns eleitores que vivem na região não estavam “preparados” para escolher um conhecido político local, de longa data a serviço do povo, preferindo votar no “estranho”.

Com a sensibilidade de Educador, que ele é, Eurico Júnior segue sempre buscando estar junto e atuar em favor da sua gente:

O deputado precisa estar perto da população, atento, acessível. Sei como é difícil para as pessoas se deslocarem até a capital. Tento atender a todos que me procuram, seja via telefone, WhatsApp, na Alerj, nas ruas, mas nem sempre é possível em virtude das sessões plenárias, da participação nas 13 comissões permanentes que integro, audiências públicas e outras atividades parlamentares. Por estas e outras razões criei o gabinete regional da Alerj em Vassouras, onde posso atender representantes de diversos municípios. Desde que ele foi inaugurado, em 19 de fevereiro de 2021, já recebi centenas de pessoas!”, disse.

Bom, não demora e “eles estarão de volta”. Estes que precisam só de um “cadinho” de votos de cada município, o suficiente para elegê-los e não precisar ter compromisso com ninguém. Mas, ainda bem, que temos também àquele que não estará de volta, porque nunca saiu daqui – Eurico Júnior. Mas, a pergunta que não quer calar: estaremos, nós, desta vez, preparados para não desperdiçar voto? Ou melhor: não desperdiçar um político que trabalha de verdade e não abandona seu povo?

Sou pré-candidato à reeleição porque acredito que posso fazer a diferença como um deputado conhecedor das necessidades da população e que trabalha sem parar para atendê-las. Nasci, fui criado, constituí família no interior e dele nunca saí. Tenho compromisso com esse povo que sempre me confiou seu voto e deposita em mim a esperança na construção de um futuro melhor para as atuais e futuras gerações. Juntos, conseguiremos conquistar muito mais. As vitórias que tenho conseguido só são possíveis graças a parcerias com lideranças, vereadores, prefeitos, presidentes de empresas e instituições estaduais, secretários estaduais e deputados federais que lutam pelo interior e, é preciso frisar, ao presidente da Alerj, deputado André Ceciliano e ao governador Claudio Castro, que faz como poucos pelos nossos municípios. Por isto é importante contar com representantes, moradores da região na Assembleia Legislativa. A luta é grande, mas as vitórias sempre chegam para quem trabalha muito e realiza parcerias em benefício da população. Podem contar sempre comigo!”, concluiu.

Depois não diga que não avisei!








Gostou deste assunto?

Seus amigos também podem gostar:

Compartilhe!














 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados



    DESENVOLVIDO POR
    RIOBRASIL