Receba noticias em seu Whatsapp gratis







Libras



Covid-19: Secretaria de Estado de Saúde inicia distribuição de vacinas bivalentes para municípios | Jornal Em Destaque por Helio de Carvalho em Covid-19


Ouça a Noticia!

Covid-19: Secretaria de Estado de Saúde inicia distribuição de vacinas bivalentes para municípios

Primeira remessa enviada pelo Ministério da Saúde tem 243 mil doses



Covid-19: Secretaria de Estado de Saúde inicia distribuição de vacinas bivalentes para municípios Classificação

Postado há 1 ano(s) | Rio de Janeiro | Covid-19 |

Helio de Carvalho

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ) deu início, nesta quinta-feira (23), à distribuição das doses da vacina de reforço bivalente contra a Covid-19 para os municípios. Serão distribuídas 243.360 doses, referentes à primeira remessa do Ministério da Saúde.
Neste primeiro momento, as doses serão destinadas a pessoas com maior risco de desenvolver formas graves da doença, como idosos acima de 70 anos e pessoas com deficiência. Os imunizantes serão retirados pelos 92 municípios, conforme agendamento, na Central Estadual de Armazenagem (CGA) da SES-RJ, em Niterói.
De acordo com o cronograma do Programa Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde, a vacinação com as doses bivalentes está prevista para começar a partir de 27 de fevereiro com foco no reforço contra a Covid-19.

Entramos agora numa nova fase da campanha de vacinação. As vacinas bivalentes são atualizadas e protegem contra o vírus original e suas variantes, incluindo a ômicron. Por isso, é muito importante que todos recebam uma nova dose desta vacina este ano”, ressalta o secretário de Estado de Saúde, Doutor Luizinho.

Confira os grupos prioritários para o reforço da vacina bivalente:
- Pessoas de 70 anos ou mais;
- Pessoas vivendo em instituições de longa permanência (ILP) a partir de 12 anos (abrigados e trabalhadores);
- Pessoas imunocomprometidas a partir de 12 anos de idade;
- Indígenas;
- Ribeirinhos;
- Quilombolas;
- Pessoas de 60 anos a 69 anos;
- Gestantes e puérperas;
- Trabalhadores de saúde;
- Pessoas com deficiência permanente.
 
O intervalo para doses de reforço com vacinas bivalentes será a partir de quatro meses da última dose de reforço ou última dose do esquema primário (básico) com vacinas monovalentes.
De acordo com dados registrados no Painel Covid, da SES-RJ, 849.229 pessoas que receberam a primeira dose da vacinação contra Covid-19 não retornaram para tomar a segunda dose. Entre as que completaram o esquema vacinal primário com as duas doses, 5.643.921 não retornaram para tomar a dose de reforço. Os dados apontam ainda que, entre os idosos com 70 anos ou mais, 81% receberam a primeira dose de reforço, mas apenas 55% voltaram para a segunda dose de reforço.

Assista ao vídeo do secretário de Estado de Saúde, Doutor Luizinho, sobre a entrega:

____________

Apoie o Em Destaque seguindo o site e as redes sociais deste jornal que virou fonte de notícias do Google News, e que há mais de dois anos disponibiliza conteúdo nos principais tocadores de podcasts. Em Destaque, o jornal local sem fronteiras para a notícia!









Gostou deste assunto?

Seus amigos também podem gostar:

Compartilhe!














 
  • Política de Erros
  • Política de Privacidade
  • Termos de Uso
  • Sobre o Jornal em Destaque
  • Contato
  • JORNAL EM DESTAQUE | Todos os Direitos Reservados



    DESENVOLVIDO POR
    RIOBRASIL