Intérprete de Libras se emociona com relato de órfã, em sessão da CPI da Covid, e é substituído. Veja o vídeo





18/10/2021 21:02 ( Atualizado em 24/10/2021 14:38) | Brasília | Covid-19 |

Jornalista do ED: Helio de Carvalho


Jovem de 19 anos perdeu os pais na pandemia e ficou com a guarda da irmã, de 11


O intérprete de Libras que trabalhava na transmissão da sessão da CPI da Covid, na TV Senado, na manhã de hoje (18), ficou emocionado durante o depoimento de uma órfã. O funcionário parou de traduzir o depoimento de Giovanna Gomes Mendes da Silva, de 19 anos de idade, e foi substituído por um colega.


É que nesta segunda-feira, a Comissão Parlamentar de Inquérito ouviu familiares de pessoas que perderam parentes para a pandemia. Giovana deu seu testemunho. A jovem perdeu a mãe e o pai para a Covid-19.

Eu, meus pais e minha irmã, nós éramos muito unidos, quem conhece sabe, onde a gente estava, nós estávamos juntos. Então quando meus pais faleceram, a gente perdeu as coisas que a gente mais amava. E eu precisava da minha irmã e ela precisava de mim. Eu me apoiei nela, e ela se apoiou em mim”, disse Giovana.


Em seguida, a jovem interrompeu a fala e pediu desculpas. Deste momento em diante, o intérprete não conseguiu mais acompanhar o relato.

A partir daí eu pensei que não poderia mais ficar sem ela, assim como ela não poderia ficar sem mim”, finalizou Giovana. Nessa altura do vídeo, um novo intérprete entrou em cena.


ASSISTA:



No relato, a jovem também descreveu as dificuldades para o tratamento dos pais e o desafio de cuidar da irmã. A mãe era transplantada e fazia hemodiálise. O pai sofria de câncer.