Academia de Artes Marciais de Miguel Pereira se prepara com graduações para mais uma etapa do WFORCE, em Juiz de Fora (MG)





26/08/2019 19:57 | Miguel Pereira | ESPORTES |

Thais Carvalho


A equipe da academia Star Fighters realizou um “treinão” com participação de grandes nomes do esporte


Neste fim de semana (24 e 25), a equipe da academia Star Fighters realizou um “treinão” na praça da estação em Governador Portela, onde diversos atletas foram graduados e indicados para competir na segunda etapa do WFORCE, que acontece no próximo dia 14 (sábado), em Juiz de Fora, Minas Gerais.

 

O evento organizado pelo Presidente da Federação Muay Thai Fluminense e líder geral da academia Star Fighters, Washington de Oliveira, e pelo treinador Juninho Arbítrio, conta, pela primeira vez, com a parceria da PELC (Programa de Esporte e Lazer da Cidade). A PELC é financiada pelo Ministério da Cidadania, tendo como gestão a UFF (Universidade Federal Fluminense), que apoia e incentiva pessoas que já tiverem algum problema judicial ou dependência química para que sejam inseridas de volta à comunidade, através do esporte e da educação.

 

A academia tem investido em contínuos treinos de seus atletas e buscando a inclusão social de várias pessoas através das artes marciais, com um projeto há quatro anos que ajuda alunos com problemas de reabilitação a vencerem as batalhas da vida, nos ringues.

 

O evento foi aberto ao público e contou com a presença de Wagner Santana, da equipe Elite Muay thai da cidade de Vassouras, e o Mestre China, da equipe China Figth Tem de Engenheiro Pedreira, Japeri.

 

Os atletas passaram por um teste de graduação que designou em oito horas de treino, sendo ele físico e técnico; uma espécie de berlinda, revezando segundos de luta com outros integrantes da equipe. O “treinão” contou com 17 graduações dentre, as principais, as de cor azul, azul e branco, marrom e branco e a preta.

 

Eu estava muito ansiosa e com receio de lutar com meninas diferentes, mas tudo deu certo e eu levei a graduação azul para mais uma etapa da minha carreira”, disse ao ED, a lutadora Deiseane Duarte, após conquistar a tão sonhada graduação.


Dentre as graduações a principal foi a do lutador Marcio Estrela, passando para preto, a última berlinda do processo.

 

Força para os representantes de Miguel Pereira, em Juiz de Fora!